28 de jul de 2011

Conferência vai discutir violência contra mulher



Está quase tudo pronto para a realização da II Conferência Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres e a implantação do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (COMDM), que acontecerá em agosto, em Araruama. Organizada pela Prefeitura, através da Coordenadoria da Mulher, o evento vai tratar de vários assuntos, entre eles a violência contra a mulher, tema que vem ganhando destaque ao longo dos últimos anos, e vem se tornando uma das prioridades da segurança pública do Estado.
Várias reuniões estão sendo realizadas com o objetivo de discutir o assunto. A última, dia 20, reuniu cerca de 78 pessoas no Centro Pastoral da Igreja Católica, onde ficou definida a composição da Comissão Organizadora da conferência, que terá participação de representantes dos diversos segmentos da sociedade e de setores do Poder Público.
- Esta comissão tem como competência organizar, acompanhar e avaliar a realização da conferência e elaborar um relatório a ser enviado a Comissão Organizadora da III Conferência Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres – explicou a coordenadora da mulher de Araruama, Jaqueline Soraggi.
Nesta mesma reunião ficou decidido que no próximo dia 3, às 17h30, acontecerá, no Plenário da Câmara de Vereadores, a eleição para a Mesa Diretora do Conselho, cujo objetivo, segundo Jaqueline, “é defender os Direitos das Mulheres, visando assegurar o exercício pleno de sua participação no desenvolvimento social, econômico, político e cultural”.    

Violência contra a mulher em debate

Entre os assuntos que serão discutidos na Conferência Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, em agosto, está o combate à violência contra a mulher. O assunto vem ganhando destaque ao longo dos últimos anos, e foi lembrado, esta semana, durante evento que marcou o aniversário de 25 anos de fundação da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), e contou com a presença da subsecretaria de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, Aparecida Gonçalves, representando a ministra chefe da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres da Presidência da República, Irini Lopes.
- Foi um evento muito importante, que contou com a presença de diversas autoridades, delegadas de Polícia e integrantes de movimentos de enfrentamento da violência contra a mulher. Como gestora pública, fui convidada para representar o município ao lado da presidente da OAB Mulher Araruama, Dra Rosa Maria França, e da presidente do Conselho Municipal de Segurança Pública, Sueli Lima – comentou Jaqueline Soraggi.
Embora Araruama ainda não tenha uma delegacia especializada neste tipo de atendimento, as mulheres vítimas de violência devem registrar ocorrência na 118ª DP. De lá são encaminhadas para a Coordenadoria da Mulher, onde recebem todo o suporte necessário.
- Oferecemos atendimento através de psicólogos, assistentes sociais, advogados, e orientamos naquilo que for necessário. Também buscamos fortalecer a rede de proteção através de parcerias com o Ministério Público, Defensoria, Juizados e mesmo através da delegacia. O importante é que a mulher perca o medo e denuncie seu agressor, seja ele quem for – comentou Jaqueline, que no próximo dia 5 pretende marcar presença em outro importante evento de combate à violência à mulher: a comemoração dos 5 anos de criação da Lei Maria da Penha. A Coordenadoria da Mulher, em Araruama, fica na Avenida Nilo Peçanha, 352. O telefone é (22) 2665-1276.

Prefeitura Municipal de Araruama
www.araruama.rj.gov.br
Departamento de Comunicação
ascom.araruama@gmail.com
(22) 2665-2121 Ramal: 213

Siga-nos:
Twitter:
www.twitter.com/araruamaoficial
Facebook:
araruama ofic
Youtube:
www.youtube.com/araruamaoficial

 

0 Carinho de amigos(as):

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

DesinArtes, minha loja VIRTUAL! Confira!