22 de nov de 2010

Dicas para queimar gordura e entrar em forma no verão


1. Ande mais.
Um estudo do American College of Sports Medicine, principal órgão de medicina esportiva dos Estados Unidos, indica que quem caminha duas horas e meia (ou 150 minutos) por semana, em ritmo moderado a intenso, consegue perder 2,5 quilos em um mês. Passar muito tempo sentada diminui a ação da enzima lipase, responsável por quebrar as células de gordura.
2. Use polainas.
Mas devem ser especiais, como as da marca Body Tog, da KA Sports. Feitas de náilon, contêm micropesinhos embutidos (os modelos variam de acordo com o peso e a altura de cada pessoa). Segundo o fabricante, se você adotar o produto durante todo o dia, preso nos braços ou nas pernas, aumentará a queima de calorias em até 20%. O princípio é o de que, submetido a uma pequena sobrecarga, seu corpo precisará de mais esforço para realizar tarefas.
3. Coma gengibre.
De acordo com estudos feitos pelo Institute of Chinese Materia Medica, na China, ingerir uma porção de 5 centímetros do condimento por dia acelera o organismo em 20%. “Ele contém gingerol, ativo que aumenta a temperatura do corpo e exige que ele gaste mais calorias para digerir os alimentos”, explica o endocrinologista Tércio Rocha, do Rio de Janeiro. Rale e misture no suco de frutas, nas sopas ou use como acompanhamento de peixes.
4. Renda-se às enzimas de manga africana.
A promessa é boa: perder 1 quilo e diminuir 5 centímetros de abdome em apenas uma aplicação. A técnica – Lipoaslym – consiste em uma injeção localizada da enzima (no bumbum, nas coxas ou no abdome), seguida de uma massagem estimulante, que facilita a absorção da substância. “Extraído do caroço da fruta, o ativo contém agentes lipolíticos, capazes de quebrar as células de gordura e fazer com que elas sejam eliminadas pela urina”, garante a dermatologista Andreia Leitão, de São Paulo. Para bons resultados, são necessárias dez sessões, sendo uma por semana.
5. Avalie seu metabolismo.
Para calcular a quantidade de energia que seu organismo gasta em situações sem esforço, faça uma avaliação com o aparelho Biometter, encontrado em clínicas endocrinológicas. Você respira em um bocal descartável por 15 minutos e a máquina mede a quantidade de oxigênio consumido. Com base nisso, é possível descobrir se o seu metabolismo é lento por natureza, normal ou acelerado. “ Assim, é possível montar um programa de emagrecimento mais eficaz, pois conseguimos definir o número exato de calorias que a paciente precisa cortar para perder peso”, explica a endocrinologista Márcia Kelman, da Clinica Biodiet, em São Paulo.
Fonte: Revista Cláudia



0 Carinho de amigos(as):

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

DesinArtes, minha loja VIRTUAL! Confira!