24 de out de 2010

Gene ajuda na prevenção do alcoolismo


Um grupo de pesquisadores da Escola de Medicina Chapel Hill da Universidade da Carolina do Norte (UNC), Estados Unidos, descobriu uma variante de um gene que pode proteger contra o alcoolismo.
A variante, no gene conhecido como CYP2E1, está associada com a resposta ao álcool em humanos. O trabalho foi publicado na edição on-line da Alcoholism: Clinical and Experimental Research (ACER) e sairá em janeiro na edição impressa da revista.
Segundo o estudo, de 10% a 20% das pessoas possuem a variante, deixando-as mais sensíveis à ingestão de bebidas alcoólicas do que o restante da população, que conta com outra versão do gene. Para essas pessoas, apenas algumas doses são suficientes para que fiquem embriagadas.
Estudos anteriores indicaram que aqueles que reagem mais fortemente ao álcool têm menos chances de se tornarem alcoólatras no futuro, mas não se conhecia a base genética dessa tendência. Agora, a descoberta com relação ao CYP2E1 aponta um novo mecanismo de percepção do álcool e de como ele atua no cérebro.
"Encontramos um gene que protege contra o alcoolismo e, acima de tudo, que tem um efeito muito forte. Mas é importante ressaltar que o alcoolismo é uma doença muito complexa e há diversas razões por que as pessoas bebem", disse Kirk Wilhelmsen, professor da UNC e um dos autores do estudo.
O estudo analisou centenas de pares de irmãos que estudam no ensino superior e que tinham pelo menos um parente alcoólatra. Inicialmente, os voluntários receberam uma mistura de álcool e refrigerante equivalente a três doses de bebida alcóolica.

0 Carinho de amigos(as):

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

DesinArtes, minha loja VIRTUAL! Confira!