11 de fev de 2008

As alegorias da roubalheira

A jornalista Ruth Aquino, escreve sobre este escândalo incrível que está aí, a dos cartões corporativos, onde os homens do governo podem, sem o mínimo pejo, misturar o público com o privado
A nudez total e depilada de uma goiana opulenta no Carnaval carioca foi fichinha diante do desfile obsceno que chocou o país na semana de Momo. O carro alegórico que ganhou nota máxima em criatividade e ousadia não foi o da Beija-Flor ou o da Viradouro. As alegorias do abre-alas – piscina, mesa de sinuca, halteres, picanhas, bichinho de pelúcia, tapioca, produtos pirateados, hotéis de luxo, jóias – representam gastos pessoais de figurantes do governo Lula. Mais de 7 mil sambaram o enredo do cartão corporativo, que exalta as virtudes do conforto pago com dinheiro público.Leia mais...

0 Carinho de amigos(as):

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

DesinArtes, minha loja VIRTUAL! Confira!