8 de set de 2011

VII Parada do Orgulho LGBT reúne cerca de 60 mil pessoas em Cabo Frio








(05.09.11) – Cerca de 60 mil pessoas participaram, ontem, no Espaço de Eventos de Cabo Frio, da VII Parada do Orgulho LGBT, evento que faz parte do VIII Cabo Free - Encontro de Cultura LGBT, idealizado pelo grupo Cabo Free - pioneiro na Região dos Lagos na defesa do cidadão LGBT e na organização de eventos voltados para essa comunidade -, e que a cada ano se consolida como a maior festa LGBT do interior do estado do Rio de Janeiro. A solenidade foi aberta pela secretária municipal de Promoção Social, Olivia Sá, que anunciou a criação de uma Coordenadoria LGBT dentro da Prefeitura Municipal de Cabo Frio. Também  estavam presentes,  representando a Gestão Municipal, Tereza Tenan, da Coordenadoria da Mulher, e Margareth Ferreira, da Superintendência da Igualdade Racial.

Ao som de DJs e de três trios elétricos, várias Drags se apresentaram, fazendo a alegria da multidão. Eddylene Água Suja encarnou a cantora Amy Winehouse e arrancou gargalhadas da platéia, juntos com as divertidas Monayra Manon e Samara Rios. O ex-BBB Dicesar brilhou como Dimmy Kieer, além de várias outros artistas que garantiram a diversão.

- A festa foi linda, e como nos anos anteriores, atraiu não apenas o público LGBT, mas também muitos simpatizantes. Famílias inteiras participaram do evento, numa demonstração de que estamos conseguindo combater o preconceito – comentou Claudio Lemos, presidente do Cabo Free e da Rede LGBT do Interior Fluminense, lembrando que durante a Parada, os voluntários do Grupo Cabo Free recolheram mais de quatro mil assinaturas em apoio ao projeto de criação do Centro de Cidadania e Cultura LGBT. “Através desta iniciativa pretendemos fortalecer, ainda mais, a cultura gay na cidade”, comentou Claudio, lembrando que no projeto estão previstos cursos de formação profissional de DJ, Drag, teatro, música e dança.

A diversidade do público não agradou apenas os organizadores do evento. Os vendedores ambulantes também comemoraram o faturamento com a venda de bebidas e lanches. Segundo Bin Laden, que trabalha há sete anos no ramo, “a Parada Gay é o melhor evento da cidade. Todos os anos faturamos bem e não temos aborrecimentos, pois o público, além de educado e respeitoso, também gasta muito”.

- O resultado só foi positivo porque contamos com apoios importantes como a Prefeitura Municipal de Cabo Frio, a Rodriguez Eventos, o 25º Batalhão da PM, 18º GBM, Coordenadoria de Posturas, Guarda Municipal e, principalmente, a comunidade LGBT que, mais uma vez, compareceu em peso nesta que é a maior e mais importante manifestação política em prol dos Direitos Humanos da história da cidade de Cabo Frio – comentou Claudio, agradecendo o apoio de todos.



Público também prestigia o III Prêmio Cabo Free



Além da Parada do orgulho LGBT, o VIII Cabo Free também reservou espaço para homenagear pessoas que, de alguma forma, contribuem com o movimento na luta contra a homofobia. A solenidade de entrega do III Prêmio Cabo Frio aconteceu na última sexta-feira, no Teatro Municipal, e reuniu cerca de 100 pessoas, que participaram de uma noite de alegria, com performances, dança, teatro e música, através de apresentação do maestro Moisés Santos (Cia de Dança Studio Fama), do andrógino Hector Fly e das Drags Pietra Natasha, Carolina Alytier, Lara Hanle, Scarlett Evans, Hagtha Medelyn, Bia Shine, Gabrielly Rodin e Eddylene Água Suja, além da top travesti, estrela dos palcos da noite GLS de São Paulo, Stripperella Uber.

Receberam o Prêmio Cabo Free Pelo Respeito à Diversidade, a vice-prefeita de Cabo Frio, Delma Jardim; o coordenador da Morada do Samba, Carlos Ernesto (o Carlão); as diretorias dos colégios Santa Rosa e Rui Barbosa; a coordenadora de Orientadores Educacionais da Secretaria de Educação de Cabo Frio, Marisa Brum; a presidente da recém criada Associação de Pais e Amigos de LGBT da Rede do Interior Fluminense (APARIF), Fátima Silveira; o diretor do Teatro Municipal de Cabo Frio, Anderson Macleyves; a DJ revelação Hillary Kovack; a diretora do Studio Fenix Comunicação e Eventos, jornalista Cristiane Zotich e o radialista Amaury Valério, entre outros. A festa terminou no Gayosque Bambu, com o DJ Murilo Haway no comando da pista, e show com Stripperella Uber.






Grupo Cabo Free de Conscientização Homossexual 

Título de Utilidade Pública Municipal Lei 1.999/07 

CNPJ: 08.017.358/0001-39 



TEL: (22) 9937-4609 / 9212-4797 / 9237-3363


Cristiane Zotich | Assessora de Imprensa
(22) 9211-9030 | ID: 88*24936
Visitem: http://www-studiofenix.blogspot.com
              http://xampudj.blogspot.com

0 Carinho de amigos(as):

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

DesinArtes, minha loja VIRTUAL! Confira!