4 de jan de 2011

Secretaria de Cultura promove Folia de Reis nesta quinta-feira, dia 6 de janeiro

A Secretaria de Cultura de Cabo Frio começa o ano de 2011 apoiando uma das manifestações culturais mais populares do país: a Folia de Reis, uma festa religiosa de origem portuguesa, que chegou ao Brasil no século XVIII, e que será realizada nesta quinta-feira, dia 6 de janeiro, na Praça das Águas, em frente à praia do Forte, a partir das 20h.
Em Cabo Frio, a Folia de Reis acontece desde 1965, com a chegada do mestre sanfoneiro Sebastião Margarida, nascido em Cardoso Moreira, e reúne crianças, adultos e idosos em um espetáculo de tradição e fé.

A Folia contará com a participação dos grupos Estrela do Oriente, de Arraial do Cabo, fundado em 1981; o Estrela D´Alva, da Praia do Siqueira, fundado em 1966, e o São Cristóvão, fundado em 1984. O evento terá vários participantes, entre eles personagens como os Reis Magos, o palhaço e os foliões, além dos mestres e contra-mestres, que comandam os foliões e dão andamento à festa.
Instrumentos como viola, violão, sanfona, reco-reco, chocalho, cavaquinho, triângulo e pandeiro, entre outros, são tocados com maestria pelos participantes do grupo, que contam, inclusive, com crianças.

Os participantes são liderados pelo mestre da Folia, que conduz os foliões durante toda a festa, e carregam a bandeira ou andor do grupo, geralmente feita de madeira e enfeitada com motivos religiosos, representando a estrela de Belém, pela qual demonstram muito respeito.
No Rio de Janeiro, a festa termina no dia 20 de janeiro, dia de São Sebastião, padroeiro da capital do Estado. Em Portugal, em meados do século XVII, a festa tinha como principal objetivo levar diversão ao povo, mas aqui no Brasil passou a ter um caráter muito mais religioso do que de entretenimento.

No período de 24 de dezembro, véspera de natal, a 6 de janeiro, dia de Reis, grupos de cantadores e instrumentistas percorrem as cidades cantando e declamando versos que referem-se à visita dos Reis Magos ao menino Jesus. Tradicionalmente, batem de porta em porta em busca de ofertas, que podem ser um prato de comida ou uma xícara de café.
A Folia, herdada dos colonizadores portugueses e desenvolvida em nosso país com características tão peculiares, é uma manifestação folclórica, popular e viva, e os versos são preservados e passados de geração em geração por tradição oral.

0 Carinho de amigos(as):

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

DesinArtes, minha loja VIRTUAL! Confira!