19 de jan de 2011

Superintendência de Promoção da Igualdade Racial de Cabo Frio realiza evento “Presente às Águas”

No dia 2 de fevereiro, a partir das 6h, no Lago do Cantinho do Forte, a Superintendência de Promoção da Igualdade Racial (Suppir) vai realizar o evento “Presente às Águas” em parceria com o ICABO -  Instituto Cutural Afro-Brasileiro Olufon Deyi, a Colônia de Pescadores Z4, a Associação de Pescadores da Gamboa, as comunidades de terreiro de Cabo Frio, o Fórum de Religiosidade Afro-brasileira da Região dos Lagos e as Instituições de Movimento Negro da Região dos Lagos.

O evento tem objetivos como resgatar e valorizar a procissão marítima de  “Nossa Senhora dos Navegantes”; dar visibilidade ao Presente de Iemanja já realizado  pelos praticantes das religiões  afro-brasileiras; homenagear a ancestralidade brasileira que teve no mar sua última morada durante a travessia do atlântico no período das grandes navegações e tráfico negreiro.


Além disso, o evento pretende resgatar  tradições, costumes e crenças tanto do catolicismo quanto das religiões afro-brasileiras, com apoio e participação de todos os segmentos religiosos. A idéia é fazer com que a ocasião seja a maior manifestação religiosa em prol da liberdade de crença e pelo respeito aos praticantes de todas as religiões, atraindo turistas e ativistas dos Direitos Humanos e constituindo-se em enriquecimento à diversidade cultural em nosso município e em toda a região.


No dia 2 de fevereiro, em todo Brasil, em cidades que têm no mar sua principal fonte de inspiração poética, artística, cultural, econômica, turística e histórica, assim como Cabo Frio, religiosos e turistas comemoram e participam dos festejos à Nossa Senhora dos Navegantes e Iemanjá. Duas capitais brasileiras têm nesse dia suas principais festas religiosas: Porte Alegre e Salvador.
Programação:

A parte da manhã, a partir das 6h, será dedicada às atividades religiosas católicas e afro-brasileiras; a parte da tarde será dedicada ao comércio de artesanato, vestimentas e culinária  tradicional cabofriense e afro-brasileira bem como  apresentações artísticas, culturais e musicais da cultura afro-brasileira; e a parte da noite será dedicada aos shows de grupos de pagode e baterias de escola de samba.

- A importância para a Superintendência de Promoção da Igualdade Racial ser uma das realizadoras deste evento é poder reunir e valorizar em uma só atividade três segmentos da sociedade cabofriense de tamanha importância cultural para nossa cidade, que são os pescadores, os praticantes de religiões afro-brasileiras e os ativistas de movimentos sociais que promovem a cultura negra. Com isto, estamos saindo do lugar comum para efetivação de ações que possam concretizar a integração, o entendimento e o diálogo entre todas as culturas e manifestações religiosas de nosso município, em respeito a todos os povos que contribuem para sua existência e desenvolvimento – afirmou Margareth Ferreira, superintendente de Promoção de Igualdade Racial de Cabo Frio.
Fonte: Prefeitura de Cabo Frio

0 Carinho de amigos(as):

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

DesinArtes, minha loja VIRTUAL! Confira!