19 de jan de 2011

Brasil Offshore: Trabalho e Renda abre cadastro para vagas de emprego


A Secretaria Municipal de Trabalho e Renda (Semtre) da Prefeitura de Macaé já abriu o cadastro de vagas de emprego para os interessados em trabalhar nos postos de trabalho gerados durante a Feira Brasil Offshore. O cadastramento para trabalho temporário na terceira maior feira de petróleo e gás do mundo foi uma inovação realizada com sucesso na edição de 2009. Por intermédio da ação da Central do Trabalhador de Macaé (CTM), cerca de duas mil pessoas conseguiram uma vaga de emprego antes, durante e depois da Brasil Offshore.

- Queremos aumentar mais ainda esse número, tendo em vista que esses empregos temporários são gerados em vários setores e abrem um leque muito grande de emprego. Essa foi uma solicitação do próprio prefeito Riverton Mussi, que deu como meta para a secretaria privilegiar o trabalhador de Macaé, promovendo a inserção de mão de obra local no evento -, explica o secretário de Trabalho e Renda, Marcos Crespo.

Antes, durante e depois da Brasil Offshore - 6ª Feira e Conferência Internacional da Indústria de Petróleo e Gás - são gerados diversos postos de trabalho, como montadores de estandes, chapas (ajudante de caminhoneiro), eletricistas, tradutores, auxiliares de serviços gerais, garçons, serviços de bufê, recepcionistas, entre outros.

A Brasil Offshore Feira e Conferência Internacional da Indústria de Petróleo e Gás será realizada entre os dias 14 e 17 de junho e é organizada pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, que já confirmou a comercialização de 80% de sua área total de exposição.

Empresas como a Aker Solutions, Baker Hughes, FMC, Gaia, GE, Goodyear, Lupatech, National Oilwell Varco, Odebrecht, Oil States, Petrobras, Schlumberger, Sinopec, Technip, Tenaris Confab, Uniforja, UTC, V&M e Weatherford já confirmaram presença.
Os interessados em concorrer a uma vaga de emprego temporário na Brasil Offshore podem se inscrever na Central do Trabalhador de Macaé, que fica na Rua Télio Barreto, 28, das 9h às 16h, no centro da cidade. Para se inscrever, os candidatos devem ter acima de 18 anos e levar título de eleitor, carteira de identidade, CPF e comprovante de residência. Os salários serão combinados direto com as empresas. “Não garantimos a vaga de emprego. Nosso trabalho é fazer a intermediação da mão de obra, repassando os nomes para as empresas participantes”, explicou Marcos Crespo.

- A prioridade é inserir cada vez mais os macaenses neste mercado, afinal a Brasil Offshore movimenta a economia local em diversos setores e também promove a geração de trabalho e renda temporária -, disse o subsecretário de Governo e diretor da feira Brasil Offshore em âmbito municipal, Fernando Amorim.

Qualificação

Os interessados em se preparar para uma das vagas oferecidas pelo mercado em função da Brasil Offshore podem aproveitar os sábados do mês de fevereiro para fazer uma oficina de conversação básica de Inglês no Centro de Educação Tecnológica e Profissional (Cetep) da Secretaria Municipal de Educação, localizado na Rua Alfredo Backer, 363, Centro. Serão três oficinas com 120 vagas, com duração de 20 horas.

As inscrições estão sendo feitas na secretaria do Cetep, de segunda à sexta das 8h às 17h. Um dos objetivos é oportunizar a qualificação e requalificação profissional, com vistas à inserção no mercado de trabalho, gerando assim o desenvolvimento social, econômico e financeiro da população.

A Brasil Offshore

Consolidada no mercado de petróleo e gás como a terceira maior feira de petróleo e gás do mundo e com 10 anos de existência, a Brasil Offshore 2011 promete bater todos os recordes anteriores. Para receber o evento, que na última edição em 2009 registrou um público de 49 mil visitantes, a Prefeitura de Macaé vem mantendo constantes reuniões de trabalho focadas na preparação do Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho (o Macaé Centro) Brasil Offshore.

- As secretarias envolvidas no evento já estão fazendo o planejamento para as obras que serão feitas no Macaé Centro. O objetivo da prefeitura é preparar todo o local com intervenções estruturantes que começarão em breve. Além disso, de uma forma geral, o município investe em importantes obras de infraestrutura para a modernização da cidade, como a implantação do projeto Planejando Macaé, com base no trabalho da equipe técnica de várias secretarias da prefeitura. As propostas vão ser trabalhadas com base nos projetos já desenvolvidos pela prefeitura, como na área de saneamento, com o Água Limpa, que tem investimentos próprios de R$ 277 milhões e prazo de quatro anos para ser concluído. O governo municipal também quer soluções para o sistema viário, zoneamento urbano e infraestrutura nos bairros e área central do município -, explica o subsecretário de Governo,Fernando Amorim.

Paralelo à feira, acontece a Conferência Internacional da Indústria de Petróleo e Gás,organizada pelo Instituto Brasileiro do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) e Society Petroleum Engineers (SPE) que, para 2011, já montou um Comitê de programação técnica presidida em conjunto por Fernando Machado (Petrobras) e Johan Mikkelson (Statoil). O conteúdo da Conferência focará nos principais aspectos relacionados ao desenvolvimento de petróleo na Indústria Offshore, otimização de campos e projetos de pré-sal.

Na última edição, em 2009, foram 1.300 marcas, representando 34 países, distribuídas em 31 mil metros quadrados de exposição. A feira ficou 15% maior que a edição anteriror, com 100 expositores a mais, um valor 18% superior ao obtido em 2007. Esse aumento é maior do que a diferença obtida nas últimas edições, quando, de 2003 a 2007, o total de expositores a mais chegou a 68. Segundo a direção da Reed Exhibitions Alcantara Machado, o público final que compareceu ao Macaé Centro, totalizou 49.224 visitantes e o índice de satisfação foi de 93% por parte de expositores e de 96% por visitantes em sua última edição.

A expectativa da Reed é que o evento receba 670 expositores, 50 mil profissionais do setor e que a área de exposição seja de 35 mil metros quadrados. A Conferência Internacional de Petróleo e Gás abordará tópicos específicos, como: estimulação de carbonato; vida útil de estrutura existente em campos offshore; engenharia que prolonga capacidade operacional; gerenciamento inteligente do reservatório; novos sistemas para perfuração e extração com boa relação custo-benefício em cenários complexos; perfuração em sal; tecnologia IOR/EOR; controle e gerenciamento de areia. As inscrições estarão disponíveis, em breve, no site www.brasiloffshore.com. 
Fonte: Prefeitura de Macaé

0 Carinho de amigos(as):

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

DesinArtes, minha loja VIRTUAL! Confira!